Fonte da Palavra

-
Procurar
Ir para o conteúdo

Menu principal

João de Deus

Autores > J - L

João de Deus Ramos, poeta lírico, nasceu em S. Bartolomeu de Messines (Algarve) em 8-03-1839 e morreu em Lisboa a 11-01-1896.
A primeira instrução recebeu-a em casa, aprendendo então o latim. Em 1849 Partiu para Coimbra, e ali, no seminário episcopal, terminou os preparatórios para ir cursar o Direito na Universidade. Em 1985, datada de 15 de Junho, apareceu a público a sua elegia Oração. Atingindo o grau de bacharel, não regressou à Universidade nos anos de 56 a 58 chegando a pensar que não terminaria o curso. Muito acidentada, a formatura de João de Deus, como ele próprio pitorescamente dizia «levou 10 anos, como a guerra de Troia». Em 1868 foram publicadas as suas poesias, coligidas em volume com o título de Flores do Campo, depois de andarem reproduzidas por jornais. Em 1869 foi eleito deputado por Silves. Contudo a política não o atraía, aceitara a eleição sobretudo por condescendência ao pedido dos amigos; por isso só se conservou na legislatura, raras vezes aparecendo na Câmara. Em 1888 obteve a nomeação de comissário geral do ensino da leitura segundo o método de que era autor, e que foi declarado nacional - a Cartilha Maternal. Em 1893 sai a edição, com o título Campo de Flores, organizada por Teófilo Braga que coligiu tudo o que do poeta havia disperso. Falecido a 11 de Janeiro de 1896, o seu funeral foi uma manifestação verdadeiramente

Saber mais sobre João de Deus

Cartilha Maternal
Autor: João de Deus 
Pág.: 72
ISBN: 978-989-667-005-4
7,00 € Adicionar

Atualizado em: 12-09-2014


Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal